Por uma Ficção Científica com mais diversidade, que não seja machista, racista e homofóbica. Que o gênero mantenha sua pluralidade e sua visão de um mundo melhor.

Universo Desconstruído #02

-
Segunda coletânea de ficção científica feminista brasileira. Oito autores e autores brasileiros, oito universos diferentes, desconstruído mundos.
Baixe Grátis:
CREDITOS DA EDIÇÃO
LIVRO IMPRESSO

O Sonho da Sultana

-
Há mais de um século, uma mulher se permitiu imaginar um mundo diferente. Nesta obra, que inaugurou o subgênero de Ficção Científica feminista e é pela primeira vez traduzida para o português, a autora Roquia Sakhawat Hussain levanta questões relacionadas aos papéis de gênero em sua sociedade e mostra a importância do direito das mulheres à educação.
Baixe Grátis:
CREDITOS DA EDIÇÃO
LIVRO IMPRESSO

O download é gratuito


Abaixo de cada livro, escolha o formato que você deseja e poste uma mensagem em seu Twitter ou Facebook para fazer o download. Pronto! Você baixou o livro e nos ajudou a divulgar nosso trabalho :)

Universo Desconstruído #01

-
Coletânea de contos de Ficção Científica com a proposta de trazer questionamentos às desigualdades de gênero. Cada autora e autor convidado contribuiu com sua própria visão de Ficção Científica feminista, com histórias que buscam desconstruir estereótipos de gênero.
Baixe Grátis:
CREDITOS DA EDIÇÃO
LIVRO IMPRESSO
Depoimentos
"Faz um tempo que eu tento apresentar o feminismo para a minha irmã (12 anos) porque ela fala coisas que me preocupam muito. A ideia de ficção científica foi bem atrativa pra ela, eu fiz o download, ainda não li e ela já está na metade! Parabéns!"
@de_vieira
“O conto ‘Meu Nome é Karina’ é emocionante. E Electra, &3&3. Ai, viciei! :)”
@danielmareis
“Acabei de ler o conto ‘Eu, Incubadora’. Genial, emocionante e, como sempre, muito bem narrado. Uma das melhores coisas que li no ano”
@brunoleoribeiro
“Acabei de ler ‘Codinome Electra’ e já estou órfã da Electra! Tem mais, não tem, Sybylla? Diz que sim!”
@vaitamara
Sobre o projeto
Universo Desconstruído

A Ficção Científica brasileiraé produzida majoritariamente por homens para um público também masculino, muitas vezes com estereótipos negativos ou equivocados sobre a imagem feminina.

Somos, em geral, muito mal representadas pelos autores deste gênero, que deveria ser capaz de mostrar que mudanças sociais e tecnológicas são possíveis no futuro e que a raça humana é capaz de evoluir e deixar para trás o longo histórico de preconceito, racismo, misoginia, escravidão e violência.

Incomodadas com esse cenário, criamos o projeto Universo Desconstruído, para dar visibilidade a mulheres que escrevem Ficção Científicae para mostrar que é possível sair do lugar comum, com histórias que desconstroem o universo como o conhecemos e que se engajam na visão de um mundo diferente.